função executiva

A função executiva é um grupo de habilidades mentais controladas pelo lobo frontal do cérebro que ajudam as pessoas a executar tarefas de forma planejada e organizada. A função executiva nos ajuda a:

  • gerenciar o tempo;
  • prestar atenção;
  • alternar rapidamente o foco;
  • planejar e organizar;
  • lembrar de detalhes;
  • evitar dizer e fazer coisas inadequadas;
  • agir conforme a experiência.

Problemas na função executiva podem ocorrer na população em geral e são muito comuns no déficit de atenção e no autismo.

Pessoas com dificuldades da função executiva podem apresentar os seguintes problemas:

  • Algumas pessoas podem notar pequenos detalhes, mas ter dificuldades para ver como eles se encaixam no todo, a menos que apoio externo esteja disponível.
  • Outros podem ter problemas em manter um pensamento, o que pode levar a problemas para seguir orientações simples. Por exemplo, instruções como “vá para seu quarto e calce os sapatos” podem ser esquecidas em algum momento entre a primeira ação (ir ao quarto) e a segunda (calçar os sapatos).
  • Muitos indivíduos podem ter problemas para planejar, organizar e/ou sequenciar o pensamento, assim como para manter a atenção. Isto pode levar a problemas para completar as tarefas diárias como vestir-se, cuidar da higiene ou cozinhar.
  • Alguns indivíduos acham difícil fazer a transição entre uma atividade e outra. Isto pode fazê-lo ser taxado de “cabeça-dura”, pois a pessoa fica “presa” a um pequeno detalhe ou rotina e recusa-se a se mover a menos que tal rotina seja satisfeita. Por exemplo, um indivíduo pode ter problemas com uma mudança inesperada na rotina escolar, como a substituição de uma aula com uma reunião, enquanto outro pode não conseguir comer uma refeição a menos que tenha em mãos seu prato favorito.

Essas dificuldades, e outras, podem estar presentes ou não em diferentes pessoas e podem apresentar-se em graus variados.

Fontes: WebMD, Center for Autism Research, Musings of an Aspie