O discurso de Ido Kedar

English


O rapazinho na foido kedarto ao lado é Ido Kedar. Ele é autista “não verbal” e aprendeu a usar a escrita por meio de um método de alternativo de comunicação chamado RPM (Rapid Prompiting Method), aos 12 anos.  Em 2012, publicou um livro chamado “Ido in Autismland”, que ainda não tem tradução para o português. Hoje, terminando o ensino médio, Ido planeja ir para a universidade no próximo ano.

O discurso que traduzi foi apresentado por Ido na premiação dos Serviços de Defesa da Saúde Mental (Mental Health Advocacy Services), em outubro, onde recebeu um prêmio pelos seus esforços para mudar a percepção que a sociedade tem da pessoa autista.

Há muito o que se dizer sobre Ido e sua determinação, mas acho melhor que ele mesmo fale por si.

Originalmente, o discurso foi publicado aqui.


Meu discurso na celebração dos Serviços de Defesa da Saúde Mental (Mental Health Advocacy Services)

Ido Kedar

É uma grande honra estar aqui esta noite recebendo este reconhecimento. É também uma honra estar aqui com nosso defensor de justiça, Jackie Lacey. Isto nos reforça que ativistas podem ser estudantes do ensino médio, políticos ou qualquer outra pessoa. Tudo o que precisamos é ter uma causa pela qual nos importemos profundamente.

Ao olhar para mim, muitos de vocês devem estar se perguntando se fui mesmo eu quem escreveu este discurso. Afinal de contas, vocês provavelmente ouviram dizer que a maioria das pessoas autistas não verbais apresentam baixa cognição, nenhum discernimento, nenhuma teoria da mente ou mundo interior e pouca linguagem receptiva.

Sabem quem lhes disse isso? Certamente não foram pessoas com autismo.

A minha condição é muito mal entendida. Meu problema é causado pela má conexão entre meu cérebro e sistema motor. Então, acreditem, eu penso e compreendo, mesmo que não pareça. Adicione a tudo isso um sistema sensorial que não funciona bem e você terá uma ideia de como as coisas podem ser difíceis para mim.

A verdade é que é mais fácil lidar com o autismo em si do que com as suposições incorretas feitas pelos ditos especialistas e experts por aí. Uma criança presa dentro de si, com comprometimento motor e desequilíbrio sensorial, não pode escapar sozinha desta condição. Em consequência disso, são poucos os autistas não verbais que aprendem a comunicar-se. Os especialistas consolam-se dizendo que não podemos nos comunicar porque não temos compreensão.

Eu me cansei desta situação porque sei que, por toda parte, existem autistas inteligentes, morrendo de tédio e solidão, sem poder comunicar uma ideia mais sofisticada do que suas necessidades básicas.

Minha decisão, aos doze anos, foi de manifestar-me e corrigir esta má informação.

A mim, foi negada uma educação no ensino fundamental porque a opinião dos experts era de que o currículo acadêmico estava além das minhas habilidades intelectuais. Hoje, no terceiro ano do ensino médio, eu curso matérias de nível superior e estou pronto para ir para uma universidade no ano que vem. Se meus pais tivessem dado ouvidos aos meus especialistas, eu ainda estaria paralisado nas expectativas do 1+2=3.

As coisas estão mudando gradualmente. Outros autistas que sabem digitar também estão se manifestando. Deparamo-nos com a resistência de pessoas que acreditam mais em teorias do que na Verdade. Mas eu sei que, com o tempo, o paradigma atual será descartado, assim como tantas outras teorias incorretas o foram, e os não verbais terão em seu futuro pelo menos uma voz.

Obrigado.

Anúncios
Citação | Esse post foi publicado em Ido Kedar e marcado . Guardar link permanente.

3 respostas para O discurso de Ido Kedar

  1. Vou usar esse relato na minha aula de Prática de Ensino II. Talvez assim mais alunos percebam que os sujeitos estão do que vemos aparentemente. Parabéns, Ido Kedar.

    Curtido por 1 pessoa

  2. alexiamkg disse:

    Ele é uma gracinha! Vou falar pra ele!

    Curtir

  3. elvira tan disse:

    Procuro um terapeuta ocupacional para iniciar aprendizado para meu filho autista de 20 anos
    Como é lindo ver que existem sim caminhos e nao apenas as mesmices de sempre que levam lugar nenhum.Por favor me contatem quem tiver uma indicação .Sou do Abc paulista.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s